26 de jun de 2012

Mundos

O do que está preso e continuará preso até morrer - mas não sabe.

O do que partiu de um mundo anterior.

O do que se coloca ante o que lhe ignora.


(Bárbara Angelo)