26 de mai de 2012

Onda parcial de espiritismo

Sonhei com carismático Chico Xavier: 
Uma mesa coberta por um simples pano muito claro 
E ele, ali atrás, e atrás de mim as ondas do mar
Não lembro uma palavra daquele sonho agora distante 
Mas tenho a boa sensação, de ter sonhado 

Veio-me um limitado Espírita: 
Dizendo educadamente que a minhas chagas 
A minha dor, eram espíritos ruins, a dominar o meu corpo 
Sim algo o dominava, pois não o controlava 
Mas eu amigo de enganos - sonhei com novas ondas 

Veio-me a falha Ciência: 
Dizendo que eu nada tinha – mas o corpo sentia 
Nada no lobo temporal para explicar o que já sentia ter visto 
Nada no lobo occipital para explicar minha alterada visão 
Tônico, de medo e tristeza, aura se propagando pelo corpo

Veio-me a sarcástica Sapiência: 
“Viva com isto, morra com isto, lute contra isto” 
Tudo ainda poderia ser um pequeno cisto 
“Viva com isto, toque e ame, ame o toque” 
Tudo ainda poderia ser toxoplasmose




Rafael Leopoldo